A InfoPreta é a empresa precursora da diversidade no mundo digital, a primeira companhia a trabalhar colaboradoras negras e participantes de minorias.

A ideia do projeto começou com Buh D’ Angelo, fundadora da empresa que é formada em técnico de manutenção, robótica, eletrônica e automação industrial.

O fato de Buh ser mulher negra, periférica, e não figurar os padrões de feminilidade de nossa atual sociedade fez com que a oportunidade no mercado de trabalho fosse escassa. Mesmo com essa formação e bilíngue, a técnica encontrou dificuldades para ser contratada por empresas e até mesmo indústrias.

Ela percebeu que mesmo com sua bagagem intelectual, não teria sucesso na carreira em multinacionais como os profissionais dessas áreas possuem. Então, em 2015 teve a ideia de começar a consertar laptops e fazer a manutenção de hardware e software. Os anúncios de seus serviços eram feitos através de mídias sociais como Facebook e Instagram, e os consertos eram realizados por ela em seu quarto. Com os números crescendo, ela se uniu a Fernanda Monteiro, com 20 anos de experiência no mercado tecnológico. Depois de sua transição de gênero, Fernanda não conseguiu mais empregos na área, então abraçou o projeto com Buh de consertar computadores para mulheres.

Em julho de 2016, elas consertavam em média 40 computadores ao mês. Com um post no facebook entre o final de julho e o começo de agosto, enfatizando o conserto de notebooks feito por mulheres e com público alvo feminino, obtiveram 120 solicitações de consertos, em agosto, consertaram mais de 130 computadores.

Depois disso, ocuparam o Mirante Lab, laboratório de robótica e tecnologia de amigos, e então o negócio começou a crescer, o trabalho da InfoPreta começou a ser veiculado por mídias como Rede Globo de Televisão, Revista Trip, Google Brasil entre outras mídias desenvolvedoras de conteúdo.

A empresa já apresentou o projetos para Microsoft Brasil, Campus Party e recentemente foi classificada para representar o Brasil no G20 em Berlin como um projeto de tecnologia feito por mulheres.

Hoje a InfoPreta tem sua sede no centro de São Paulo, utiliza o local para além de atender os seus clientes, oferecer cursos, palestras e workshops de tecnologia, empreendedorismo e inovação.

Pensando na nossa responsabilidade social

Olá, tudo bom?

Agradecemos seu contato, Você será respondido em breve ❤

Not readable? Change text.

Escreva o assunto e pressione enter para localizar